Dakar – Barreda e Van Beveren de fora no regresso de Toby Price às vitórias

Share on facebook
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on twitter

Está complicado no Dakar 2018! Os grandes nomes têm sofrido problemas e já são poucos os que ainda estão em prova, no dia em que Toby Price venceu a etapa e se relançou na classificação.

Van Beveren liderava a prova na 10ª etapa quando sofreu uma violenta queda, já perto do final. O piloto da Yamaha foi transportado para o hospital, sabendo-se que fraturou uma clavícula, duas costelas e magoou os pulmões, fruto do impacto da queda.

Joan Barreda tem vindo a lutar com a lesão que tem no joelho e mesmo estando em grande destaque na classificação, mantendo-se na luta pela vitória, hoje decidiu parar. O espanhol diz que já não conseguia arriscar mais e poderia trazer consequências graves. Mais uma vez mostrou que é o mais rápido, mas “teima” em não terminar o Dakar.

Hoje foi Toby Price o mais rápido, regressando às vitórias em etapas depois da grave lesão que sofreu o ano passado. Kevin Benavides foi 2º a 1m38s, mas o muito tempo perdido ontem com o erro de navegação, estragou a regularidade ao piloto da Honda, que tenta agora recuperar. Antoine Meo foi 3º, Brabec 4º e o líder, Matthias Walker, fez uma etapa onde perdeu 11 minutos, mas mantém uma liderança forte.

O piloto da KTM está com 32 minutos de vantagem para Kevin Benavides, com Toby Price a ser 3º a 39m17s. Gerard Farres Guell está a por a sua regularidade em destaque mais uma vez, ocupando o 4º lugar da geral na frente de Antoine Meo. Oriol Mena é o melhor Rookie aos comandos da sua HERO, ocupando o 10º lugar.

Fausto Mota continua a fazer uma boa prova, rodando sempre em ritmo seguro e sem grandes erros ao longo da prova. Mota ocupa o 44º posto da geral, com boas perspetivas de entrar no Top40.